Quem Somos

A CPRM é uma empresa pública vinculada ao Ministério de Minas e Energia com as atribuições de Serviço Geológico do Brasil, por isso é conhecida como Serviço Geológico do Brasil - CPRM.

Na sua missão de gerar e disseminar o conhecimento geocientífico com excelência, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida e para o desenvolvimento sustentável do Brasil, estão sintetizadas suas três grandes linhas de ação:

  • Geologia e Recursos Minerais;
  • Geologia Aplicada e Ordenamento Territorial; e
  • Hidrologia.

Para o cumprimento de sua missão institucional, a CPRM conta com infraestrutura operacional instalada em todo o país (listada abaixo), a qual garante a variedade regional de entregas de produtos por todo o território nacional.

  • Sede: Brasília (DF);
  • Escritório de administração central: Rio de Janeiro (RJ);
  • Oito superintendências regionais: Manaus (AM), Belém (PA), Recife (PE), Goiânia (GO), Salvador (BA), Belo Horizonte (MG), São Paulo (SP) e Porto Alegre (RS);
  • Três residências: Porto Velho (RO), Teresina (PI) e Fortaleza (CE);
  • Cinco núcleos de apoio: Natal (RN), Curitiba (PR), Boa Vista (RR), Criciúma (SC) e Cuiabá (MT);
  • Dois centros de treinamento: Apiaí (SP) e Morro do Chapéu (BA);
  • Cinco litotecas individualizadas: Caeté (MG), Mossoró (RN), Caçapava do Sul (RS), Araraquara (SP) e Feira de Santana (BA).

Desta forma, convidamos você a conhecer mais sobre as geociências no Brasil, através do portal do Serviço Geológico do Brasil - CPRM, ou a entrar em contato com o Serviço de Atendimento ao Usuário - SEUS pelo e-mail: seus@cprm.gov.br .

Conheça também a Rede de Laboratórios de Análises Minerais - Rede LAMIN, responsável pelos estudos in loco das fontes de água mineral do Brasil e das análises químicas e físico-químicas requeridas para a sua classificação.


Histórico do Portal da Água Mineral

A ideia inicial de desenvolvimento do Portal da Água Mineral surgiu no âmbito do Projeto Finep "Modernização da Infraestrutura do Laboratório de Análises Minerais LAMIN e do Serviço Geológico" - Sigla TIB CPRM. Convênio 01.06.1026.00.

O projeto foi iniciado em 2007 e finalizado em março de 2013, e teve como uma de suas metas, que é a meta 8, "Difundir as informações tecnológicas: Portal Tecnológico e Seminário sobre Água Mineral". Para atingir a meta foi solicitada a colaboração de dois profissionais com notório saber no campo de Água Mineral para atualizar as informações sobre o Laboratório de Análises Minerais - LAMIN no portal do SGB-CPRM. Todas as informações ali presentes foram revistas, atualizadas e ampliadas.

Na impossibilidade interna na época de se criar um novo portal, a meta foi atendida com a atualização da página do LAMIN no portal SGB-CPRM: Rede de Laboratórios de Análises Minerais - Rede LAMIN.

Isto foi possível graças à colaboração voluntária dos seguintes profissionais:

  • Lauro de Oliveira da Silva Júnior, químico e empregado do SGB-CPRM (atualmente aposentado), que foi um dos pioneiros dos estudos in loco de fontes hidrominerais, acumulando uma experiência de 30 anos nesta atividade.
  • Lúcio Carramillo Caetano, geólogo, professor da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, com vários trabalhos sobre o tema de Água Mineral, entre os quais uma tese de doutorado na UNICAMP intitulada "A Política da água mineral: uma proposta de integração para o Estado do Rio de Janeiro".

Estes profissionais produziram um extenso material, com alto nível técnico, cobrindo todos os aspectos da água mineral, desde sua origem até sua classificação e comercialização.

Em 2019 foi concebido, no âmbito do Departamento de Relações Institucionais e Divulgação - DERID e do LAMIN, um projeto para colocar as logomarcas da Agência Nacional de Mineração - ANM e do SGB-CPRM nos rótulos das garrafas de água mineral.

O avanço espetacular da Tecnologia da Informação e Comunicação - TIC no SGB-CPRM junto ao Departamento de Informações Institucionais - DEINF e a estruturação do DERID com iniciativas notáveis na difusão do conhecimento abriram a possibilidade de utilizar o conceito inicial de um portal tecnológico das águas minerais de uma forma mais ampla e acessível à população em geral. Isso seria possível colocando nos rótulos das garrafas de água mineral um QR Code (Código de Resposta Rápida) que conduzisse diretamente a um repositório de informações sobre o produto.

O SGB-CPRM solicitou aos profissionais mencionados acima permissão para atualizar algumas informações e adaptar o extenso material técnico produzido por eles para uma linguagem acessível ao público em geral, a linguagem cidadã. Ambos permitiram e o professor Lúcio também colaborou com a tarefa de atualizar a ideia inicial para este portal.

Desta forma, o SGB-CPRM reconhece e agradece o químico Lauro e o professor Lúcio pela origem e idealização do material, colocando o portal às suas disposições para futuras colaborações.