Água e Saúde

Não existe vida, como nós a conhecemos, sem água. A água é parte integrante e essencial do nosso corpo. A medida que envelhecemos a quantidade de água no nosso corpo diminui, mas em média, cerca de 70% do nosso corpo é constituído por água.


Água no Corpo Humano


Fonte: Lucema

Consumo Diário de Água

O volume ingerido de líquido diariamente deverá ser equivalente às perdas de líquidos que os corpos sofrem incluindo a transpiração resultante de esforços físicos e do clima. Há uma grande quantidade de variáveis que pode alterar na quantidade diária de consumo de água, como por exemplo podemos citar: esforço físico, idade, gênero, temperatura do local e gravidez. No entanto, em média a OMS (Organização Mundial de Saúde), presume o consumo médio de 2 litros de água potável por dia para adultos.
Tabela 1 a seguir apresenta informações sobre volumes de água necessário para hidratação diária (extraído de artigo da OMS, 2005).


Condições normais Esforço físico em locais de alta temperatura Grávidas e lactantes
Adulto - Feminino 2,2 litros 4,5 litros 4,8 litros (grávidas) e 3,3 litros (lactante)
Adulto - Masculino 2,9 litros 4,5 litros -
Criança 1 litro 4,5 litros -

Substâncias encontradas na água que podem contribuir significativamente para a saúde e o bem-estar

Há uma série de elementos químicos presentes na água que são fundamentais para a nossa saúde e bem-estar. Lembramos que todos os elementos e substâncias devem ser ingeridos com a dosagem correta para não haver deficiência e nem excesso, de forma a não causar intoxicações.
Abaixo, em destaque, apresentamos alguns elementos importantes para a saúde e o bem-estar (extraído de OMS, 2005).

  • Cálcio - importante na saúde óssea e possivelmente na saúde cardiovascular
  • Magnésio - importante na saúde óssea e cardiovascular
  • Fluoreto - eficaz na prevenção de cáries dentárias
  • Sódio - um eletrólito extracelular importante, perdido sob condições de excesso de suor
  • Cobre - importante na função antioxidante, utilização de ferro e saúde cardiovascular
  • Selênio - importante na função antioxidante geral e no sistema imunológico
  • Potássio - importante para uma variedade de efeitos bioquímicos, mas geralmente não é encontrado em águas potáveis naturais em níveis significativos.

ODS - Objetivos do Desenvolvimento Sustentável

A Agenda 2030 é um compromisso global assumido pelo Brasil junto com outros 192 países, contendo o conjunto de 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável - ODS que visam promover, de forma integrada e indivisível até 2030, a proteção ambiental, o progresso social e o crescimento econômico em escala planetária.

A Agenda 2030 e os ODS integram, de forma equilibrada, as três dimensões do desenvolvimento sustentável (econômica, social e ambiental), afirmando que para pôr o mundo em um caminho sustentável é indispensável adotar medidas ousadas, transformadoras e interligadas. Os 17 ODS, com suas 169 metas, constituem uma ambiciosa lista de tarefas para todas as pessoas, universalmente aplicáveis, e que atendem as realidades nacionais, capacidades locais, níveis de desenvolvimento e desafios específicos. Todos os países têm responsabilidade partilhada para alcançar os ODS e, se as metas forem cumpridas, será a primeira geração a erradicar a pobreza extrema e a frear a mudança climática, poupando gerações futuras dos efeitos perversos que poderão ser causados se não houver mobilização.
Clique nas áreas de atuação do SGB/CPRM no quadro abaixo para ter acesso às cartilhas de ODS de cada área. Veja como o ODS 6 - Água potável e Saneamento está presente em diversas atividades das geociências.

Fonte:


Portanto, sem água não há como ter saúde!
Consulte os links abaixo para saber mais:



Sem água não há como ter saúde


Hidratação: dicas para beber água


A água é tão importante para a saúde humana que a ONU a incluiu em um de seus 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável - ODS. Descubra quais são os 17 ODS.


Agora, entenda a fundo o ODS 6: Assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e saneamento para todas e todos.